MEIO AMBIENTE E SAÚDE PÚBLICA: A falta de saneamento básico continua um serio problema em cidades como Apodi/RN

Clique na imagem para ampliar. Visão panorâmica da Rua
Pe.Renato de Meneses, Apodi/RN em 01/02/2018.
As águas do planeta estão cada vez mais poluídas e mais pessoas morrem hoje em todo mundo por causa dessa contaminação de ‘esgoto e lixo’ do que por todas as formas de violência, inclusive as guerras. O esgoto está literalmente matando as pessoas.

Em Apodi (fotos em destaque), como no Brasil, uma das maiores causas de morte associada à falta de saneamento é a diarreia. A doença mata cerca de 2,2 milhões de pessoas em todo o mundo anualmente. Mais da metade dos leitos de hospital no planeta, diz o estudo feito pela ONU/2015, é ocupada por pessoas com doenças ligadas à água contaminada. Além disso, mais da metade das escolas primárias em 60 países em desenvolvimento não tem instalações adequadas de água e 2/3 não tem saneamento apropriado.

Clique na imagem para ampliar. Visão panorâmica da Rua
Pe. Renato de Meneses, Apodi/RN em 01/02/2018.
De acordo com o estudo, a falta de água limpa mata 1,8 milhão de crianças com menos de 5 anos de idade anualmente, o que representa uma morte a cada 20 segundos. Grande parte do despejo de resíduos acontece nos países em desenvolvimento, que lançam 90% da água de esgoto sem tratamento.

Muitas outras doenças também estão associadas à falta de saneamento básico, como: esquistossomose, febre amarela, febre paratifoide, amebíase, ancilostomíase, ascaridíase, cisticercose, cólera, dengue, disenterias, elefantíase, malária, poliomielite, teníase e tricuríase, febre tifóide, giardíase, hepatite, leptospirose, infecções na pele e nos olhos.

Reprodução: EPTV. Tratamento dos esgotos.
Faz-se necessária a compreensão das autoridades e do poder público de que o custo para a prevenção dessas doenças acaba sendo até mais barato do que os gastos com as tentativas de cura e tratamento, isso sem contar o valor imensurável das vidas perdidas.


Para que o desenvolvimento ocorra de maneira plena, devemos priorizar setores carentes da sociedade onde as condições mínimas de qualidade de vida não fazem parte da realidade destas pessoas.

A importância do saneamento básico está ligada a implantação de sistemas e modelos públicos que promovam o abastecimento de água, esgoto sanitário e destinação correta de lixo, com o objetivo de prevenção e controle de doenças, promoção de hábitos higiênicos e saudáveis, melhorias da limpeza tendo em vista o beneficio do meio ambiente e da população.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os maiores açudes do Nordeste

REINO ANIMAL: Insetos que sofrem metamorfose

VOLTA ÀS AULAS: Escola Sebastião Gurgel fará aula inaugural nesta sexta, 23

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

OPERAÇÃO MANUS: MPF questiona quantidade de testemunhas apontadas por Eduardo Cunha