segunda-feira, 26 de setembro de 2016

POLICIAL: Presidente da Portela é morto a tiros no Rio

Reprodução.
O presidente da Portela, Marcos Falcon, foi morto a tiros na tarde desta segunda-feira (26), na Rua Maria José, no Campinho, Zona Norte do Rio.

Segundo informações do G1, Falcon tinha 52 anos e era subtenente da PM. Ele estava no seu comitê de campanha quando foi baleado com tiros de fuzil.

De acordo com testemunhas, os homens estavam vestidos com capuz quando invadiram o local. Em março de 2016, a 29ª DP (Madureira) investigou um plano para assassiná-lo.

Falcon já havia sofrido quatro atentados, foi baleado com 18 tiros e passou por nove cirurgias, informou o Dia. Ele era casado com a porta-bandeira da Beija-Flor, Selminha Sorriso, e se candidatava a vereador do Rio de Janeiro pelo PP.

Dr. Bruno e Professor Sérgio realizam, nesta terça, vigília em Rafael Fernandes

Será nesta terça-feira, 27, o dia da grande vigília dos candidatos a prefeito e vice -prefeito de Rafael Fernandes, Dr. Bruno e Professor Sérgio.

O evento que vem para coroar todo o sucesso que foi o período eleitoral dos candidatos situacionistas.

A programação deste evento terá início às 18:30hs, como tradicionalmente acontece no comitê 15.

Logo após, todos seguem em passeata, pelas ruas da cidade, até a Praça da Matriz, onde a população vai acompanhar as mensagens dos candidatos.

Além de Bruno e Sérgio, já confirmaram presença, o prefeito, Nicó Júnior, o ex-prefeito e líder político, Nicodemo Anastácio, diversas lideranças locais, além de todos os candidatos a vereadores.
Assessoria de comunicação. 

Ex-deputada Gesane Marinho lembra da trajetória e do trabalho de Cícero Martins

Por Marcius Valerius

O candidato a vereador de Natal pelo PTB, Cícero Martins, fez uma grande movimentação no bairro das Quintas, Zona Oeste, neste final de semana com a participação de centenas de moradores da região. O presidente do PTB, Getúlio Batista, e a ex-deputada estadual Gesane Marinho, lembraram da trajetória e do trabalho de Cícero nos últimos anos.

Gesane destacou que Cícero desempenha um trabalho como educador que tem várias formações de nível superior e que não depende da carreira política para sobreviver. Getúlio Batista também reforçou o coro em prol do candidato a vereador.

"Cícero tem serviço prestado dentro das comunidades. Ele visita as comunidades quase que diariamente. Isso, independente da política. Ele tem o apoio do vereador Bertone Marinho, da ex-deputada Gesane Marinho, de todo o PTB e, com certeza, vai ser eleito para fazer um grande trabalho para Natal", disse.

Na eleição de 2008, Cícero obteve 3.390 votos e ficou na suplência para uma das vagas da Câmara Municipal. Cícero tem um trabalho social já reconhecido em Natal, em diversas áreas, principalmente na saúde, em que foi coordenador dos projetos sociais da ex-deputada Gesane, e também tem uma forte atuação na educação, onde leciona há 25 anos em cursinhos preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Grifo comunicação

26 prefeitos não disputam a reeleição no Rio Grande do Norte

Reprodução.
Por Thiago Martins

Uma nova realidade sociopolítica surgiu nas eleições de 2016 no Rio Grande do Norte: Dos atuais 122 prefeitos com direito a disputar a reeleição, como permitido pela legislação eleitoral, 26 abdicaram da disputa e não estão concorrendo ao pleito. A atual realidade, inédita no estado, mostra o desestimulo dos prefeitos pela reeleição. As dificuldades em gerir os municípios no atual momento de crise financeira, com poucas receitas e comprometimento aos pagamentos a servidores e fornecedores, é o principal fator que tem desmotivado os gestores.

O levantamento foi feito pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN. Para o presidente da entidade, Ivan Lopes Júnior, a grave crise que assola as cidades tem afastado o interesse e empenho de pessoas públicas para do cenário político: “A situação é grave. Hoje, os gestores são meros pagadores de salários, pois praticamente não existem mais obras ou investimento nos municípios. Mas a situação financeira das prefeituras é tão ruim com os déficits que amargamos, que não mal temos condições de pagar os salários”, afirma, preocupado, Ivan Júnior.

Para Ivan, é natural o afastamento dos prefeitos na continuidade da gestão das cidades em um momento como este: “Gerir os municípios na atual crise é um verdadeiro ato de coragem. Há uma cobrança imensa da sociedade – que têm o direito de cobrar dos prefeitos – mas não há verbas para que possamos atender as demandas. É necessário que possamos fortalecer pautas como uma nova divisão tributária, para que os municípios tenham um retorno justo dos impostos, e cobrar dos entes superiores o repasse correto de convênios firmados”, diz Ivan.

O Presidente da Federação considera ainda a importância na escolha dos gestores na eleição deste ano: “É muito triste que tantos gestores bons, capazes, competentes que temos, acabem afastados do processo político. Isso demonstra a necessidade de boas escolhas para prefeito dos municípios pela população: candidatos que conheçam a situação do município e que possam gerir as cidades de acordo com as situações adversas que enfrentamos hoje”, afirma Ivan Júnior. O primeiro turno das eleições municipais de 2016 elegerão em todo o país prefeitos e vereadores, e será realizada no próximo domingo, 2 de outubro.

SITUAÇÃO SEMELHANTE NO PAÍS INTEIRO
De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em todo o país, há 4.024 municípios com prefeitos aptos à reeleição, dos quais 1.830 abriram mão da reeleição. O número também é inédito no Brasil.

DADOS:
PREFEITOS COM DIREITO À REELEIÇÃO NO RN: 122, dos quais 26 não querem disputar
PREFEITOS SEM DIREITO À REELEIÇÃO NO RN: 45

Ao longo de 2016, os municípios do Rio Grande do Norte sofreram com atrasos do repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), por parte do Governo do Estado. Neste ano também houve o recorde negativo de cidades com o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que ficou com saldo zerado para 59 cidades, na primeira parcela dos meses de julho e setembro.
MUNICÍPIOS ONDE OS PREFEITOS TÊM DIREITO À REELEIÇÃO E ABRIRAM MÃO:
ANGICOS
LAGOA D'ANTA
BARAUNA
MACAU
BOA SAÚDE
MONTE DAS GAMELEIRAS
BODÓ
MOSSORÓ
CARNAÚBA DOS DANTAS
NISIA FLORESTA
CURRAIS NOVOS
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO
CRUZETA
SÃO PEDRO
DOUTOR SEVERIANO
SÃO TOMÉ
ESPÍRITO SANTO
SÃO VICENTE
JANDAÍRA
SÍTIO NOVO
JOÃO DIAS
TANGARÁ
JUNDIÁ
TEN. LAURENTINO CRUZ
LAGOA NOVA

Assessoria de imprensa FEMURN

Se o articulador coloca um número desses com carros que está a nossa vista o que poderia fazer com números de pesquisa que ninguém vê?

Números de carros manipulados pelo articulador.
Reprodução redes sociais. Clique para ampliar.
Ontem, 25, aconteceu mais uma movimentação política em Apodi. Foi na BR 405 em direção ao distrito de Soledade. Para a surpresa de todos, um certo articulador político postou que mais de 800 carros participaram da carreta.

Ora, uma carreata numa BR movimentada como essa a 405, que atravessa a cidade do Apodi, que a todo momento passa carros e mais carros com destino a todos os lugares, o articulador contou inclusive com eles, os carros, carretas, ônibus, trem, aviões de passageiros e diabo a sete que passava na BR obrigados a participar da carreata – pelo menos até a localidade de canto de varas, só deu isso na contagem do articulador?

Números reais de Carros da carreata.
Clique para ampliar.
Se um articulador tem coragem de colocar um número desses com carros em uma passeata política que todo mundo está vendo quem está e quem não está participando de uma carreata, o que supostamente poderia fazer com números de uma pesquisa onde ninguém está vendo né? Kkkkkkkkk.

Pelo que estou vendo o cabaré vai ser grande daqui para o final da campanha. Como já dizia um dito popular: "papel cabe tudo".

Procurador mantém pedido de impugnação e candidatura do prefeito de Alto do Rodrigues pode ser cassada no TRE

O atual prefeito de Alto do Rodrigues, Abelardo Filho (DEM), poderá ter o registro da sua candidatura à reeleição cassado. O procurador regional eleitoral, Dr. Kléber Martins de Araújo, ratificou parecer anterior que pedia a impugnação de Abelardo e enviou ao relator, o juiz Alceu José Cicco, que integra a corte do TRE – Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte. O processo deve ser apreciado esta semana e, se for cassado, cresce a tese de que, junto com Abelardo, cairá toda a chapa proporcional de vereadores. O atual prefeito disputa a eleição contra Jaqueline Medeiros (PSD), ex-secretária de Assistência Social e esposa do ex-prefeito Eider Medeiros.

Memória
O pedido de impugnação de candidatura do prefeito a reeleição foi apresentado pela coligação Juntos Para Vencer e teve parecer do MPE pela procedência da impugnação. Foram anexadas várias condenações do TCE por prática irregular dos recursos públicos encontrados pelos técnicos daquele órgão, tais como fraude em licitações, desvio de recursos e suas finalidades, irregularidades insanáveis nas contas públicas que configurariam ato doloso de improbidade administrativa, dentre outras irregularidades. O pedido acontece em virtude de o prefeito ter declarada sua inelegibilidade de oito anos pelo relator de um processo contra ele no TSE em Brasília/FR. O prefeito foi condenado por práticas de abuso de poder econômico durante as eleições de 2008.
RN Verdade

COSERN inaugura subestação elétrica em Campo Grande nesta quarta-feira (28)

Equipamento vai ampliar e melhorar fornecimento de energia para 40 mil potiguares em Campo Grande, Janduís, Triunfo Potiguar, Messias Targino e Paraú

Fotos: Luciano França / Cosern / Divulgação
O sistema elétrico da região Oeste potiguar receberá um importante reforço nesta quarta-feira (28). A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, vai colocar em operação a Subestação Campo Grande, localizada a 275 quilômetros de Natal.

O município foi escolhido para sediar a nova subestação por sua localização geográfica, que permite à Concessionária ampliar e melhorar a oferta de energia na região a partir de pontos estratégicos para 40 mil habitantes nos municípios de Campo Grande, Janduís, Triunfo Potiguar, Messias Targino e Paraú.

A unidade de Campo Grande tem capacidade instalada de 10 MVA, ampliando a capacidade de atendimento de novas cargas e garantindo a qualidade da energia fornecida em toda a área. Para permitir o suprimento nova Subestação, a Cosern construiu uma linha de subtransmissão, de 69 kV, com 33 quilômetros de extensão, e instalou 02 circuitos de média tensão, de 13.8 kV. O investimento total na nova subestação em Campo Grande foi de R$ 8,2 milhões.

SAIBA MAIS:
Uma subestação é uma instalação elétrica de alta potência, contendo equipamentos para transmissão e distribuição de energia elétrica, além de equipamentos de proteção e controle. Funciona como ponto de controle e transferência em um sistema de transmissão de energia elétrica, direcionando e controlando o fluxo energético, transformando os níveis de tensão e funcionando como pontos de entrega para os consumidores (residenciais e industriais).

SERVIÇO:
Inauguração da Subestação da Cosern em Campo Grande
Local: Rodovia Estadual RN 223 – Entre as fazendas Airosa e Pitombeira, zona rural de Campo Grande, na saída para Caraúbas.

Orientação importante: por medida de segurança, para ter acesso à subestação é obrigatório o uso de sapatos fechados e sem partes metálicas.
Quarta-feira, 28 de setembro, às 10 horas.
Comunicação COSERN

REINO ANIMAL: 'Aranha viagra' faz família ser obrigada a abandonar sua casa

Reprodução.
Em meados de 2015, uma aranha brasileira ficou mundialmente famosa. Tudo porque algumas pessoas conseguiam utilizar o veneno da armadeira para causar ereções extremamente duradouras — de até quatro horas, para ser mais específico.

Acontece que o veneno da aranha armadeira brasileira não tem apenas o poder de causar ereções longas: ela mata. E mata muito rápido. Se em duas horas a pessoa não for devidamente atendida, sua chance de estar morta é de basicamente 100%. Ou seja, é um animal BEM perigoso.

O grande problema desse aracnídeo é que ele costuma ter facilidade para se esconder. E uma família britânica deve de esvaziar toda sua casa porque uma espécie da aranha entrou na residência por meio de uma penca de bananas comprada no mercado.

Além do terror do momento, a família ainda terá de arcar com alguns custos por conta da aranha. A casa precisará de uma dedetização completamente especial e, só após esta ser efetivada, estará habitável novamente. O medo atual é que existam ovos da aranha na casa.

As autoridades britânicas, tal qual o mercado onde a penca foi comprada, afirmaram se tratar de um caso extremamente raro. Naturais da América do Sul, principalmente o Brasil, essas aranhas atravessam o Atlântico em caixas de bananas por conta de sua resistência. Só assim entram na Europa e na América do Norte.

domingo, 25 de setembro de 2016

Candidatos de Mossoró participam de debate da Inter TV Costa Branca

Reprodução.
Os candidatos à Prefeitura de Mossoró Francisco José Júnior (PSD), Gutemberg Dias (PC do B), Rosalba Ciarlini (PP) e Tião Couto (PSDB) participam, neste domingo (25), do debate realizado pela Inter TV no prédio da Inter TV Costa Branca, em Mossoró. O debate será transmitido pela emissora e também pelo G1 logo após o Fantástico, por volta das 23h. Esta é a primeira vez em que um debate para prefeito de Mossoró é transmitido pela Inter TV Costa Branca. O encontro reúne os candidatos registrados para o pleito de 2 de outubro e que têm representação na Câmara Federal.

O debate de ideias e projetos deve durar cerca de 80 minutos e as torcidas dos candidatos não aparecerão nas transmissões. A discussão será dívida em quatro blocos - dois com tema de livre escolha dos políticos e dois com temas determinados por sorteio. As perguntas serão feitas apenas entre os políticos, por meio da condução do apresentador Murilo Meireles.

A ordem em que os candidatos farão as perguntas foi definida com antecedência, por meio de sorteio. No primeiro bloco, e apenas neste, cada candidato poderá fazer uma pergunta e todos os candidatos terão que ser perguntados uma vez. Cada candidato terá que perguntar sempre a quem ainda não participou. No segundo, terceiro e quarto blocos, cada candidato poderá ser escolhido para responder a, no máximo, duas perguntas.

O primeiro e o terceiro bloco do debate serão de tema determinado. Neles, os candidatos responderão a perguntas sobre 12 temas, já determinados, que serão sorteados ao vivo. Cada tema será sorteado uma única vez. Nos blocos de tema livre, o tema da pergunta é de livre escolha do candidato que vai perguntar. Este terá 30 segundos para fazer sua indagação a quem preferir. O candidato escolhido para responder terá um minuto e quinze segundos para falar. O político que perguntou terá um minuto para a réplica. Já o que respondeu terá um minuto para a tréplica. Em todos os blocos, os tempos de pergunta, resposta, réplica e tréplica serão os mesmos.

No último bloco, além das perguntas, os candidatos terão 45 segundos para considerações finais. Nesta etapa, as falas obedecerão a seguinte ordem estabelecida em sorteio: Tião Couto, Rosalba Ciarlini, Gutemberg Dias e Francisco José Junior.

Coligação para Apodi continuar avançando bateu recorde de pessoas na movimentação de ontem, 24

Visão panorâmica do calçadão da Lagoa. Assessoria de comunicação. 
Na noite de ontem, 24, a Nova geração aproveitou e realizou seu penúltimo evento  e a maior movimentação política do pleito 2016 aqui em Apodi.

Milhares de pessoas foram às ruas para dar apoio a coligação para Apodi continuar avançando. O terminal turístico da lagoa ficou pequeno. Antes do calçadão, pelas ruas, as pessoas lotaram a BR 405 e depois a Marechal Floriano em grande caminhada.

Veja imagens aéreas aceleradas da assessoria via drone no vídeo abaixo: 

EM TEMPO (II): Instituto perfil e seu desafio de dar uma dentro

Por fim, Para encerrar esse tema de pesquisa e SUPOSTA MANIPULAÇÃO com intuito de direcionar o eleitor, a perfil está entre os institutos com maior recorde em contrariedades com os resultados finais das urnas. Se não vejamos.

Leia ainda matéria relacionada:

Cidade de Felipe Guerra 2012:
Clique nos prints para ampliar. 
Era o dia 04 de Outubro de 2012 (vide print acima). A disputa entre Iolanda e o atual prefeito de lá Haroldo era ferrenha. O instituto, na data indicada divulgou, naquela oportunidade que Iolanda (PMDB) tinha 53,25% das intenções. Haroldo, 41, 75%. Uma diferença de mais de 12 pontos percentuais. Nas urnas Haroldo venceu com quase 200 votos o pleito e hoje é prefeito de Felipe Guerra. Bola fora da perfil.

Cidade do Apodi 2008:
Em 30 de Setembro de 2008 (vide print acima), a perfil mostrava que naquela oportunidade, o candidato Flaviano Moreira com 49, 6% e Gorete Silveira 40,6%. Uma vantagem de 9 pontos percentuais em favor de Flaviano. Só que nas urnas, Gorete venceu com mais de 500 votos de maioria.

Cidade de Caraúbas 2008:
Ainda no ano de 2008 (vide print acima), só que na cidade de Caraúbas, a perfil divulgou que o então candidato Eugênio aparecia com 51, 56% das intenções de votos. Ademar Ferreira 18, 34%, Irreversível não? Dou um doce para adivinhar quem venceu. Eugênio, claro. Que nada. Foi Ademar mesmo.

Não vou aqui nem mencionar as pesquisas da perfil para governo do estado do RN em 2014. O instituto insistiu até onde pode que Henrique Alves venceria ainda no primeiro turno. Hoje ele está sem mandato. 

Enfim, não sei quais critérios a perfil usa em suas pesquisas. Mas, convenhamos, dificilmente o instituto dar uma dentro viu quando o tema é pesquisa. A perfil tem perdido feio para urnas. 

EM TEMPO: Nota de pesar

Os funcionário do Núcleo Avançado De Ensino Superior de Apodi-NAESA,  vem a público externar seu pesar, pelo falecimento da mãe da professora Kaline do curso de Matemática, ocorrido no último 23/09 e clama que Deus console a família.

Funcionarios do NAESA

sábado, 24 de setembro de 2016

VAMOS BRINCAR: Qual palanque menos pesado?

Qual o palanque menos pesado? Acredito que o principal critério para a resposta a essa pergunta, deveria passar especialmente pelo critério HONESTIDADE dos membros palanque, que é = seu peso.
Vamos fazer uma brincadeira? Fique em uma fila como na disposição acima da animação.

Quando fizermos uma pergunta onde pelo menos alguém do palanque responder a pergunta feita de forma afirmativa, todos que estão não fila (representando o palanque), darão um passo à frente e, depois, voltarão um passo atrás para que a próxima pergunta seja feita.

Quem for e voltar mais vezes depois de todas as perguntas, o palanque será o mais pesado. Então? Desafio aceito? Todos enfileirados então que a brincadeira vai começar.

Eis as perguntas:
1 - No seu palanque, tem candidatos que querem chegar ao poder?
2 - No palanque do seu partido tem candidato que já foi preso?
3 - No palanque do seu partido tem candidato que é réu por peculato?
4 - No palanque do seu partido tem candidato que é réu por falsidade de documentos públicos?
5 - No palanque do seu tem representante de partido que deram desfalque sérios em obras do município segundo relatórios?
6 - No palanque do seu partido tem candidato que é réu por usurpação de função pública?
7 - No palanque do seu partido tem baluarte a nível nacional atolado, não em apenas UM, mais em VÁRIAS denúncias da lava jato até o pescoço?
8 - No palanque do seu partido tem representante de partido que foge dos debates isso quando o debate é muito bem planejado?
9 - No palanque do seu partido tem, por exemplo, candidato a vereador com candidatura por um fio devido está sofrendo impugnação?
10 - No palanque do seu partido tem candidato ou representante cuja membro da família tem diversos processos correndo na justiça por crime de improbidades em ação posta pelo próprio MP?
11 - No palanque do seu partido tem candidato ou representante cuja membro da família tem diversos processos correndo na justiça por dano ao erário público em ação imposta pelo próprio MP?
12 - No palanque do seu partido tem candidato que responde na justiça por falso testemunho?
13 - No palanque do seu partido tem pessoas que, muito provavelmente, se ele vier a vencer, que vai mandar não é o gestor eleito e sim outras pessoas?

Palanque pesado tem tudo para levar seu município a bancarrota. Todo cuidado é pouco.  

Deputado Jácome pegou ar com um pastor que deu um carão nele na frente dos irmãos

Pastor Lutero não aceita mimimi político dentro da igreja. Reprodução.
O primo pastor, Paulo Lutero de São Paulo, veio aqui em Natal ministrar um culto da Igreja Brasil Para Cristo.

O pastor evangélico que é dirigente nacional da igreja muito respeitado e não está acostumado com proselitismo políticos durante os cultos que ele prega a palavra do senhor.

Aqui em Natal ele percebeu uma movimentação estranha, ao verificar, identificou que era o deputado estadual evangélico Jacó Jácome fazendo campanha para seu primo e candidato a vereador num total desrespeito aos presentes.

A igreja Brasil Para Cristo não aceita politicagem nem movimentos políticos eleitorais, diante disso, o pastor Paulo Lutero determinou que o deputado Jacó Jácome parasse de distribuir propaganda política e respeitasse o culto.

O deputado bambino evangélico, diante da reprimenda, retirou-se com seus assessores do culto e muito irado passou a enviar recados desaforados para o pastor Lutero pelo facebook.

Confira o mimimi do deputado Jacó Jácome revoltado com o pastor Paulo Lutero:
Reprodução. Blog do Primo
Renato Dantas. Clique para ampliar.

INCONSTITUCIONAL: UERN deve demitir 200 servidores, sugere decisão do Supremo Tribunal Federal

Servidores foram admitidos sem prévia aprovação em concurso
público, entre os anos de 1987 e 1993

Decisão do STF foi recebida com surpresa e angústia pela administração
da UERN
Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que pede a demissão de servidores não concursados da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), afetará 200 servidores, sendo 40 professores e 160 técnicos.

Essas pessoas. O STF considerou inconstitucional a permanência desses funcionários e a decisão foi aceita por unanimidade na quinta-feira (22).

Foi julgada procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 1241, na qual a Procuradoria Geral da República questionava dois artigos da Lei Estadual 6.697/1994. Tais artigos asseguravam a permanência dos servidores no quadro suplementar, sem terem feito concurso público, e tornavam sem efeitos os atos da direção da universidade que, de qualquer forma, importasse em exclusão dos servidores da instituição.

Segundo o ministro Dias Toffoli – relator da ação – o artigo 19 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT) concede estabilidade excepcional somente aos servidores que, ao tempo da promulgação da Constituição Federal, estavam em exercício há mais de cinco anos.

Toffoli propôs que a decisão só comece a valer após 12 meses, tempo que seria destinado à realização de concurso público, a nomeação e a posse de novos servidores. A ação não afeta os servidores que já estejam aposentados e aqueles que tenham preenchido os requisitos para a aposentadoria.

Segundo o reitor Pedro Fernandes, a decisão do STF foi recebida com surpresa e angústia pela administração da UERN, afinal, afeta inclusive o vice-reitor Aldo Gondim. Pedro lamenta que a decisão possa trazer consequências negativas para o Estado, pois atinge também hospitais, prisões e outras instituições.

De acordo com reitor, a universidade irá “fazer todo o possível” para garantir a efetividade dos servidores.

ECONOMIA: Reforma da Previdência vai atingir todos os trabalhadores, incluindo militares e parlamentares

Reprodução.
A proposta de emenda constitucional (PEC) que vai alterar as regras do sistema previdenciário já foi fechada pelos técnicos do governo. De acordo com o texto encaminhado ao presidente Michel Temer, que deve bater o martelo na próxima semana, as mudanças vão atingir todos os trabalhadores brasileiros, do setor privado ao público, militares e até parlamentares, tendo regimes especiais ou não.

Ao contrário do que chegou a ser divulgado anteriormente, as Forças Armadas entrarão na reforma da Previdência. E, para fechar brechas legais à chamada desaposentação (possibilidade de o aposentado continuar trabalhando e recalcular o benefício), a ideia é deixar claro na Constituição que a aposentadoria é “irreversível e irrenunciável” — conceito previsto apenas em decreto.

Sobre a desaposentação, há milhares de ações na Justiça, e o assunto já chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF). Uma decisão favorável aos trabalhadores poderá representar um esqueleto acima de R$ 100 bilhões para a União, segundo estimativas oficiais. A medida valeria para os novos pedidos e também para orientar as decisões judiciais em andamento. Até agora, a Advocacia-Geral da União (AGU) vem recorrendo das sentenças.

Segundo um interlocutor, a decisão de enviar ao Congresso uma proposta mais abrangente foi tomada antes da viagem de Temer a Nova York e tem como objetivo ajudar a convencer a opinião pública sobre a necessidade urgente das mudanças. Essa tarefa, explicou a fonte, é mais difícil se alguns grupos ficarem de fora da reforma. A intenção de Temer é enviar a PEC ao Congresso até outubro, se possível antes das eleições — depois de apresentar o texto às centrais sindicais e líderes dos partidos.

A decisão do presidente será política, mas com embasamento técnico”, afirmou um técnico envolvido nas discussões.

A opinião é compartilhada por especialistas em Previdência, levando-se em conta o que o país gasta com aposentadorias e pensões — e, sobretudo, a enorme distância entre os setores privado e público. O déficit no INSS neste ano está estimado em R$ 149,2 bilhões, para pagar 30 milhões de segurados. Já no serviço público, o rombo projetado é de R$ 90 bilhões, mas para um universo de um milhão de beneficiários.

Entendo como correto e salutar o processo de convergência das regras da Previdência para todos os trabalhadores”, afirmou o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Rogério Nagemine.

O norte da reforma é harmonizar as regras para todos os trabalhadores, ainda que os regimes continuem existindo de forma separada. Em linhas gerais, a reforma prevê idade mínima de 65 anos para aposentadoria e valerá para quem tiver até 50 anos ou 45 anos (caso de mulheres e professores) na época promulgação da PEC. Quem estiver acima dessa faixa etária será enquadrado na regra de transição e poderá se aposentar dentro da legislação atual, pagando um pedágio (adicional ao tempo que ainda falta para requerer o benefício) de 50%. LEIA MAIS...